Loading...

CARACTERIZAÇÃO DOS ESTILOS DE VINHO PORTUGUESES

Região do Algarve

A região do Algarve (Figura nº 18) é sobejamente conhecida como um destino turístico internacional de eleição, em particular na época balnear. A grande procura da região por parte de turistas de várias nacionalidades representa uma mais-valia na exportação dos seus elegantes vinhos e uma grande oportunidade de promoção do seu Enoturismo.

Também esta região apresenta uma longa história na tradição vitícola, com o cultivo da vinha a remontar à ocupação Árabe e o vinho a assumir o papel de troca comercial.

A Região do Algarve está situada no extremo sul de Portugal continental e o seu clima é influenciado pela proximidade com o Oceano Atlântico em toda a sua costa. A sua localização meridional e as barreiras montanhosas a norte, protegem-na de ventos frios e propiciam um clima acentuadamente mediterrânico, de verões quentes, secos e pouco ventosos, onde as amplitudes térmicas são reduzidas e com cerca de 3000 horas de sol anuais.


Os solos são maioritariamente de origem lítica, pouco húmido, sendo solos mediterrânicos vermelhos ou amarelos de arenitos. A região divide-se em quatro Denominações de Origem: Lagoa, Lagos, Portimão e Tavira. Existem várias castas com importantes encepamentos, sendo ainda de destacar o importante papel das castas internacionais no encepamento da região. Os vinhos do Algarve são conhecidos pela sua simplicidade e equilíbrio.

A forte tradição gastronómica da região, aliada à constante procura nacional e à forte procura turística internacional, cria condições excecionais para que esta desenvolva vinhos de qualidade, com potencial de venda por todo o mundo. Esta região conjuga na perfeição a produção devinhodequalidade com a oferta turística.

« Secção Anterior Próxima Secção »