Loading...

O CAMINHO JÁ PERCORRIDO

Operações de visibilidade exterior dos vinhos portugueses

Neste ponto começo por assinalar que os vinhos produzidos em Portugal representam apenas 1% do total de vinhos produzidos em todo o mundo (Fonte: OIV, 2015). É pois urgente para a produção e comercialização dos vinhos portugueses, definir uma estratégia nacional de promoção. Os vinhos portugueses estão escassamente representados a nível internacional e igualmente mal distribuídos, o que faz com que muitos consumidores desconheçam o país, os vinhos, as regiões, o “tesouro” ampelográfico e os nossos Terroir’s.

Para que os consumidores mundiais possam conhecer vinhos portugueses, deverá existir, a meu ver, um esforço conjunto de todos os agentes económicos do vinho em torno de uma estratégia conjunta. Uma estratégia comercial habitual no nosso país é a de destinar os bons vinhos portugueses ao mercado nacional o que, se por um lado denota respeito pelo consumidor nacional, por outro, menospreza a exploração de novos mercados e novos consumidores, num subaproveitamento da globalização do comércio de vinhos.

A instituição Vini Portugal é um bom exemplo do esforço nacional de reunir os diferentes agentes económicos do vinho português em torno de um mesmo objetivo: criar uma imagem de qualidade dos vinhos portugueses nos mercados internacionais. A Vini Portugal tem assim, como objetivo, criar apetência pelos vinhos portugueses, tornando-os mais competitivos, e aumentar a percepção de valor dos vinhos nacionais potenciando o crescimento de mercado em valor. Deveria pois ser de consenso geral junto dos agentes económicos do vinho português, juntarem-se à Vini Portugal na estratégia de internacionalização dos seus vinhos e na adaptação da imagem/marca país Vinhos de Portugal ou Wines of Portugal. A intervenção da Vini Portugal junto dos diversos agentes económicos pode ir de uma simples consultadoria à organização numa feira internacional, todavia, o seu papel é fundamental na comunicação da imagem de um país representado por uma marca reconhecida pelos consumidores, a Wines of Portugal.

Exemplificando de forma mais concreta, um consumidor Norte-americano que está à procura de um vinho português terá mais facilidade em reconhecer a marca Vinhos de Portugal ou Wines of Portugal como referência de um vinho Português, do que se for à procura de uma marca de vinhos específica, muito limitada aos canais de venda eleitos pelo importador/distribuidor e ao posicionamento de cada gama de vinhos. Para os consumidores mundiais, a utilização de uma marca como a Wines of Portugal como estratégia de marketing para o aumento das vendas de vinhos nos mercados, é uma boa estratégia de comunicação e imagem a seguir. Será interessante comunicar Portugal como um país que se une numa marca nacional para potenciar o valor e qualidade dos seus vinhos a nível internacional.

Ainda numa ótica de posicionamento profissional, é também importante a presença conjunta dos produtores portugueses nas feiras internacionais para que os compradores de vinhos mundiais possam facilmente reconhecer a imagem Wines of Portugal e procurar vinhos portugueses para comercialização nos seus mercados de origem.

« Secção Anterior Próximo Capítulo »